Triumph planeia fabrico de mota elétrica

A Triumph Motorcycles existe desde 1983 e é a maior fabricante de motas do Reino Unido. A empresa original, a Triumph Engineering, que produzia motas desde 1902, faliu e acabou por ser adquirida por John Bloor.

A marca será sempre reconhecida pelo seu modelo mais icónico e robusto, o Bonneville, que dominou o mercado.

De momento, a empresa encontra-se num novo percurso que a poderá colocar, mais uma vez, à frente dos seus concorrentes. Este novo desafio passa pelo desenvolvimento da primeira mota elétrica da marca, que se distingue pelo nome “Project Triumph TE-1”.

O projeto conta com o apoio de alguns parceiros, como é o caso da Williams Advanced Engineering que irá fornecer os designs e as técnicas de integração das suas baterias de peso reduzido. Outros parceiros que também irão fazer parte deste projeto são a Integral Powertrain’s e-Drive Division e a WMG da Universidade de Warwick.

De acordo com a Electric Hybrid Technology, a integração de sistemas aumentados é o foco principal para o projeto.

Ao desenvolverem componentes individuais de transmissões elétricas de base automativa e optimizá-las em unidades inovadoras, o projeto TE-1 tem como objetivo fornecer sistemas de motas elétricas que reduzem requisitos de massa, complexidade e packaging.

Em conjunto com os seus parceiros, a Triumh Motorcycles pretende melhorar a segurança das baterias, optimizar o tamanho do motor e integrar funções de travagem com sistemas de segurança avançados.

Está previsto que o projeto TE-1 decorra durante os próximos 2 anos, antes de ser colocado no mercado.

Referência: https://cleantechnica.com/2019/05/19/triumph-planning-new-electric-motorcycle/